Início Atualidade Dívida pública de Cabo Verde sobe para 2.260 milhões de euros em...

Dívida pública de Cabo Verde sobe para 2.260 milhões de euros em 2020

31
0

A dívida pública cabo-verdiana deverá aumentar em 2020 para mais de 250 mil milhões de escudos (2.260 milhões de euros), equivalente a 118,5% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, segundo estimativa do Governo.

A informação consta da documentação de apoio à proposta de lei do Orçamento do Estado para 2020, que vai estar em discussão na Assembleia Nacional até dezembro, e aponta para um aumento do ‘stock’ da dívida pública, em termos absolutos, de mais de 8.200 milhões de escudos (74 milhões de euros), face a 2019, equivalente a mais 3,4%.

O mesmo documento aponta que o Governo espera fechar as contas de 2019 com um endividamento total de 241.829 milhões de escudos (2.180 milhões de euros), o que representará um aumento de 5,6% face ao Orçamento executado em 2018, traduzindo-se ainda num equivalente a 122,3% do PIB.

‬O peso do ‘stock’ da dívida diminuirá em 2020, na previsão do Governo, para 118,5% de toda a riqueza produzida no país, neste caso devido ao aumento do PIB cabo-verdiano, que no próximo ano deverá chegar aos 211.094 milhões de escudos (1.900 milhões de euros), um aumento de 6,7% face à previsão para este ano.

Em 2020, o peso do endividamento interno, contraído em Cabo Verde, manter-se-á praticamente inalterado face à previsão para este ano, atingindo os 63.924 milhões de escudos (578 milhões de euros), enquanto que o ‘stock’ da dívida contraída externamente deverá aumentar 4,2%, chegando aos 186.192 milhões de escudos (1.680 milhões de euros).

O documento acrescenta que a dívida externa de Cabo Verde é contratada “na sua maior junto de credores multilaterais, nomeadamente do Banco Mundial e do Banco Africano de Desenvolvimento, vertente de empréstimos com condições financeiras concessionais (96,0%). Existem, todavia, alguns empréstimos contratados junto de credores comerciais que, contudo, também beneficiam de condições concessionadas e com garantia externa”, lê-se no documento.

Globalmente, a proposta de Orçamento do Estado para 2020 entregue no parlamento é de 73 mil milhões de escudos (663 milhões de euros), mais dois mil milhões de escudos (18 milhões de euros) do que o documento ainda em vigor, e prevê um crescimento económico de 4,8 a 5,8% do produto interno bruto (PIB), comparando com 2019.

Fonte: Jornal Económico

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here