Início Aliança DIA DO MAR

DIA DO MAR

262
0

Os portugueses foram os primeiros amigos do mar. E são tantas as emoções partilhadas com o mar, que Pessoa chega mesmo a dizer que foram as nossas lágrimas – umas de alegria e outras de tristeza – que lhes salgou as águas!

Esta amizade com o mar levou-nos a ver para além dos Adamastores e outros temores. Cedo percebemos que o mar era nosso cúmplice e que muito tinha para nos dar e onde nos levar. E levou, mesmo que “por mares nunca dantes navegados”, como eternizou Camões.

Também nós somos mar… já que somos compostos por 75% de água. E como 71% do planeta Terra é coberto por água, se não fossem os Oceanos a vida era inviável.  Como todos os oceanos são habitados por algas microscópicas produtoras de oxigênio, resulta que, somadas, as espécies de algas marinhas produzem 55% do oxigênio do planeta. O mar é, por isso, o verdadeiro “pulmão” do planeta.

 Iuri Gagarin, ao realizar a primeira viagem à órbita terrestre em 1961, terá exclamado, “a terra é azul”, tal a extensão dos mares e a área que que ocupa, no planeta. Chamemos-lhe hoje, por isso, o “planeta água”.

O imortal Pessoa diz ainda que “Deus quis que a terra fosse toda uma // Que o mar unisse, já não separasse.”.

Pois bem, neste dia em que na Aliança comemoramos o mar, importa relembrar – hoje e sempre – que, como diz o poeta, a terra e o mar estão unidos. Não podemos arredar o mar da nossa consciência ambiental; é parte da vida, é parte da Terra, é parte de nós! Os oceanos não unem somente do ponto de vista geográfico, enquanto espaço de ligação entre margens… é mais que isso: os oceanos são parte vital desta ideia de um planeta que vive como uma unidade.

Um dos lemas da Aliança é, por isso, “Um oceano às direitas”. Marcamos, hoje, por isso, o “dia do mar”.

Cuidemos dele.

Luís Seabra Melancia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here