Início Atualidade PS e ALIANÇA afirmam-se pela consistência

PS e ALIANÇA afirmam-se pela consistência

664
0

PS e ALIANÇA afirmam-se pela consistência das propostas e pela preocupação que centram na Europa, motivo das presentes Eleições.

É vulgar o Partido no poder ser castigado nas Eleições Europeias.

Ao invés do que é habitual, os portugueses não encontram razões para castigar o Governo. As condições de vida melhoraram, o desemprego diminui, os salários crescem, as reposições de valores retirados pelo anterior governo sucedem-se, as contas batem certas, não foi preciso nunca um orçamento rectificativo (aplausos para Centeno) ao invés da sua antecessora que regularmente tinha de rectificar as contas feitas quase diáriamente…

O mesmo se passa com o nóvel ALIANÇA que apresenta um candidato ( Paulo Sande ) credível, conhecedor e livre de erros anteriores. Veja-se as propostas que vai apresentando como a da Região transfronteiriça de Castelo Branco, extremamente importante e que merecerá em breve comentário adequado.

O PSD à procura de um rumo apresenta pela terceira vez um candidato truculento (mas apenas isso), desfasado do objectivo principal para estas Eleições, faz com que o PSD vá caindo, podendo cair a um ponto insustentável para Rui Rio que comete o erro final de levar para a campanha o ex-líder desacreditado no país.

O CDS e o seu programa direitista de que Nuno Melo é expoente principal oscila e pode ter também uma derrota pesada o não eleger o seu segundo candidato.

O BE pela mão segura de Marisa Matias, concentrada nos objectivos, vai continuar a crescer.

Nota muito positiva para o esmagamento da extrema-direita pouco ou nada democrática, a gargalhada a que gerou o PPM ao ligar-se a “coisas” nauseabundas como o Chega ou o Basta (Basta mesmo) desacreditaram-se totalmente e não existem para os portugueses, felizmente.

No Domingo conferiremos as previsões que vão sendo lançadas pelas sondagens que chegam a admitir que o PSD caia para apenas 5 eleitos, o PS suba para 9 ou 10 e o ALIANÇA possa mesmo surpreender elegendo 2 Deputados, consagrando Pedro Santana Lopes como verdadeiro líder da Direita Democrática.

PF

Fonte: Jornal de Oleiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here