Início Atualidade Português descobre forma de retardar doença de Machado-Joseph

Português descobre forma de retardar doença de Machado-Joseph

560
0

Investigador da Universidade do Algarve testou droga aprovada nos Estados Unidos para outra doença e descobriu que ela é eficiente a retardar a progressão desta patologia neurodegenerativa incurável e fatal

Investigadores da Universidade do Algarve descobriram que um fármaco já aprovado nos Estados Unidos para combater alguns tipos de cancro – a cordicepina – consegue retardar a progressão da doença de Machado-Joseph, uma patologia neurodegenerativa e sem cura, que causa a perda progressiva do controlo dos músculos e da coordenação motora, acabando por ser fatal, e cuja maior prevalência a nível mundial ocorre nos Açores.

O estudo, realizado em colaboração com a Universidade de Coimbra, e cujos resultados acabam de ser publicados na revista científica Human Molecular Genetics , foi feito em modelos animais e mostra que a progressão da doença é substancialmente retardada com a administração continuada daquele fármaco, “tanto a nível neuronal como nos seu efeitos, em termos de sintomas”, explicou ao DN Clévio Nóbrega, investigador do Centro de Investigação em Biomedicina (CBMR) da Universidade do Algarve e o coordenador do estudo.

“Administrámos o fármaco de forma continuada durante quatro e oito semanas em modelos animais e, em relação ao grupo que não teve qualquer tratamento, os animais que receberam o fármaco já mostravam menos sinais neuropatológicos e menos sintomas ao fim de quatro semanas, que se tornaram ainda mais evidentes após as oito semanas”, afirma Clévio Nóbrega.

Fonte: Diário de Noticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here